Registrando o nome de uma empresa: um guia para Pequenas Empresas

O nome de uma empresa é um dos aspectos mais importantes de qualquer negócio, independentemente do seu campo de trabalho. Diz muito sobre a qualidade de seus serviços, os produtos que vende, sua origem e segurança, as diferenças entre o negócio e seus concorrentes, além de outras características que podem ser importantes para seu público-alvo.

No caso de pequenas empresas, existem investimentos em servidores: tempo, dinheiro, esforço, publicidade, desenvolvimento de produtos e serviços, marketing etc. Todos esses aspectos são essenciais para a maneira como o público reconhecerá a origem de seus produtos e serviços, sejam clientes potenciais, colaboradores, concorrentes, etc.

Após algum tempo, esses investimentos agregam valor de mercado aos negócios. Com relação à importância desses esforços, criamos um passo a passo de como registrar uma marca no Brasil, desde a sua criação até o registro final. Confira:

Como você deve escolher o nome ideal para sua empresa?

  1. Sessão de tempestade de ideias
    A tempestade de ideias (geralmente você e seus parceiros) é o primeiro passo para identificar características essenciais do seu negócio, as sensações e associações que você pretende transmitir aos clientes, bem como os valores e ideias de seus produtos e serviços. Tente criar nomes a partir desses aspectos.
  2. Escolha os nomes que melhor descrevem sua inicialização
    Geralmente, é importante compilar em uma marca registrada, sem ser muito óbvio. Há o exemplo clássico da Netflix, que executou essa ideia de uma maneira realmente inteligente, juntando internet (rede) e filmes (movimentos) em sua marca registrada.
  3. Tente evitar nomes genéricos e altamente descritivos
    Para criar uma boa marca, você precisa se destacar de seus concorrentes. Você não poderá colocar isso em prática usando nomes genéricos e altamente descritivos, que outras empresas também poderão usar. Em vez disso, tente encontrar um nome que seja diferente de todo o resto, tornando sua marca única e evitando confusões dos clientes.
  4. Verifique quais nomes já foram registrados
    Parece muito burocrático e difícil, mas não é: com alguns cliques, você pode verificar se alguém já registrou o nome que sua empresa gostaria de usar. O aplicativo brasileiro Registro de Marca ajudará você a fazer isso gratuitamente, consultando o banco de dados do Instituto Nacional da Propriedade Industrial, que é o escritório governamental responsável pela guarda dos registros de marcas no Brasil. Mesmo que uma marca comercial já tenha sido registrada, você pode verificar se o mercado e os consumidores são diferentes do seu.
  5. Por que seu logotipo deve ter um ótimo design
    Um logotipo e a representação visual da sua marca registrada dizem muito sobre a sua inicialização. Você pode compartilhar com seu cliente vários valores, características e sensações por meio de um design. Um logotipo minimalista pode transmitir profissionalismo e sofisticação, enquanto um logotipo colorido e divertido pode indicar relaxamento e juventude para sua marca. Por outro lado, um logotipo com design amador pode realmente diminuir as oportunidades de negócios, afastar certos clientes, identificar erroneamente sua empresa com outras empresas e até danificar a ideia que sua empresa pretende transmitir.